4/21/2010

Esperei por ti no casino


Esperei por ti toda a noite no casino, vi pessoas a passarem por mim e através de mim e não lhe recordo as feições. Não sei do que falavam e não decorei o que vestiam. Estive horas a olhar, a esperar, a esperar com esperança. No fim, não apareceste, não foi uma aposta ganha. Quando saí, vi uma velha sentada a segurar um cigarro com os seus dedos enrugados, não me disse nada, mas no olhar tinha escrito perdeste uma grande fortuna hoje. O frio da rua deu-me a certeza de uma solidão eterna. Nunca mais voltei ao casino, e de ti nunca mais tive notícias. 

0 Comentários:

 
 
Copyright © Palavras minhas.
Blogger Theme by BloggerThemes Design by Diovo.com